Fraudes no IR podem gerar multas de R$ 150 milhões

A Receita Federal deu início nesta segunda-feira (23/4), na Grande São Paulo, a uma operação para desbaratar quadrilha especializada em fraudar a restituição do Imposto de Renda. As fraudes são montadas por escritórios de contabilidade. Para inflar o valor da restituição, os golpistas lançam nas declarações despesas falsas com médicos, escolas e previdência privada. Nos locais foram apreendidos computadores, documentos, CDs e pen drives com cerca de 18 mil declarações entregues à Receita.

Estimativa do Serviço de Inteligência da Receita Federal em São Paulo indica que as irregularidades podem resultar no lançamento de R$ 150 milhões em créditos tributários, correspondentes ao valor principal sonegado, além de juros e multas. Pelo menos três escritórios foram fechados por fiscais da Receita e agentes da Polícia Federal. A multa para contribuintes e profissionais envolvidos nas fraudes poderá atingir 225% do valor sonegado.

Fonte: Assessoria de imprensa da SRF

Data da Notícia: 25/04/2007 00:00:00

Gostou do notícia? Compartilhe em suas redes sociais

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp