Simples Nacional: mais de 277 mil empresários já fizeram o pedido de adesão e prazo está próximo de acabar

Até o momento, 277.414 empresários já fizeram o pedido de adesão ao regime tributário do Simples Nacional. A solicitação pode ser feita até o dia 31 de janeiro, e, caso for aprovada, terá efeito retroativo, valendo desde o dia 1º de janeiro. O resultado dos pedidos de adesão serão divulgados no dia 15 de fevereiro. É importante ressaltar que o prazo vale para as empresas que já são ativas e querem se enquadrar no Simples Nacional. Já as empresas em início de atividade podem solicitar a adesão 30 dias após a inscrição municipal ou estadual, desde que não tenham decorridos 60 dias da data de abertura do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) . Adesões por Estado Veja tabela com o quantitativo de adesões por Estado até o momento: UF Quantidade AC 1.732 AL 2.479 AM 2.793 AP 664 BA 13.018 CE 7.102 DF 10.320 ES 6.627 GO 12.663 MA 5.076 MG 28.330 MS 3.313 MT 9.850 PA 6.232 PB 4.778 PE 16.237 PI 2.595 PR 14.990 RJ 20.502 RN 2.527 RO 1.682 RR 395 RS 14.472 SC 11.828 SE 2.138 SP 73.417 TO 1.654 Total 277.414 Quem poderá aderir ao Simples Nacional Confira as regras abaixo e saiba quais empresas podem se enquadrar no regime tributário do Simples Nacional. Empresas que não fatura mais que R$ 4,8 milhões por ano; Empresas que não possuem débitos com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ; Empresas regulares nos cadastros fiscais. As empresas não podem: Exercer atividades com serviços financeiros; Ter sócios no exterior; Possuir capital em órgãos públicos; Ser constituída sob sociedade de ações; Ser cooperativa; Ter filial ou sucursal no exterior. Atualmente, é considerada uma micro empresa aquela que tem um faturamento de no máximo R$ 360 mil. A pequena empresa, entretanto, deve faturar anualmente no máximo R$ 4,8 milhões. Assim, quem pode aderir ao regime são as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte Ainda, uma categoria que está fora das micro e pequenas empresas é o Microempreendedor Individual (MEI) . Contudo, ele é regulamentado pela Lei Geral e pode aderir ao Simples se desejar. Outra regra do Simples Nacional quanto a sua adesão é em relação a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) . Ou seja, alguns CNAEs podem aderir ao Simples e outros não. Consulte aqui quais CNAEs são permitidos no Simples Nacional. Como aderir Para aderir ao regime tributário, acesse o Portal do Simples Nacional e siga os seguintes passos: Na parte superior, clique em Simples – Serviços; Clique em Opção; E Solicitação de Opção pelo Simples Nacional. DANIELLE NADER Jornalista e Coordenadora de Conteúdo do Portal Contábeis Instagram: @daniellenader

Fonte: Contábeis

Data da Notícia: 24/01/2023 00:00:00

Gostou do notícia? Compartilhe em suas redes sociais

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp