Mais de 55 milhões de notas fiscais eletrônicas já foram emitidas

A Prefeitura da Cidade de São Paulo já registrou a emissão de mais de 55 milhões de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), em menos de um ano da adoção do novo sistema. Essa quantidade de NF-e emitida gerou mais de R$ 96 milhões de créditos para o abatimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Na prática, isso representa redução na carga tributária individual de quem mora na cidade de São Paulo.

“A adesão a NF-e ultrapassou nossas expectativas”, diz o auditor da Secretaria Municipal de Finanças, Adilson Salvador. Pela legislação, toda empresa com faturamento anual superior a R$ 240 mil é obrigada a fornecer NF-e. Por esse critério, das empresas prestadoras de serviços na cidade de São Paulo, aproximadamente 27 mil seriam obrigadas a emitir o novo documento fiscal. Entretanto, de acordo com Salvador, mais de 40 mil empresas já aderiram ao novo sistema.

“Diversos fatores contribuíram para essa adesão espontânea”, aponta o auditor. “Entre eles estão, por exemplo, a eliminação dos custos com impressão de talões de notas fiscais, a eliminação da burocracia, como a dispensa da solicitação de Autorização para a Impressão de Documentos Fiscais (AIDF) e de lançamentos das NF-e na Declaração Eletrônica de Serviços (DES)”, explica o auditor.

Mas o que tem levado à ampliação do número de adesões, segundo Salvador, é a concorrência: “O consumidor tem dado preferência a prestadores de serviços que emitem a NF-e”.

A NF-e foi lançada em junho do ano passado, com o objetivo de reduzir a sonegação e elevar a arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS). Toda vez que o contribuinte residente na Capital recebe a NF-e, com o ISS devidamente pago, acumula créditos para abater até 50% do valor do IPTU.

Os créditos são gerados por prestadores de serviços, como estabelecimentos de ensino, estacionamentos, academias de ginástica, clínicas de estética, cabeleireiros, organização de festas e recepções, paisagismo, decoração, oficina mecânica, entre outros.

Para a pessoa física, o crédito corresponde a 30% do ISS recolhido sobre o serviço. As alíquotas do imposto variam de 2% a 5%, dependendo do serviço. Supondo que o consumidor pague R$ 100 por um serviço, com alíquota de 5%, o ISS incidente sobre a operação será de R$ 5. Assim, ele ganha 30% de R$ 5, ou seja, R$ 1,50.

O total a ser abatido no valor do IPTU corresponderá à soma dos créditos acumulados até o dia 30 de outubro de cada ano. Entre os dias 1º e 30 de novembro, o contribuinte indica no portal da Prefeitura (www.prefeitura.sp.gov.br) o imóvel que será beneficiado com o crédito.

Quem é isento do IPTU ou não tem imóvel também pode usufruir o benefício proporcionado pela NF-e. Seus créditos poderão ser usados no pagamento do IPTU de qualquer imóvel na cidade. Ou seja, poderão ser utilizados para o abatimento do IPTU de um parente, de um amigo, de qualquer outra pessoa ou mesmo negociados.

Fonte: Município de São Paulo

Data da Notícia: 31/05/2007 00:00:00

Gostou do notícia? Compartilhe em suas redes sociais

betvisa

iplwin

iplwin login

iplwin app

ipl win

1win login

indibet login

bc game download

10cric login

fun88 login

rummy joy app

rummy mate app

yono rummy app

rummy star app

rummy best app

iplwin login

iplwin login

dafabet app

https://rs7ludo.com/

dafabet

dafabet

crazy time A

crazy time A

betvisa casino

Rummy Satta

Rummy Joy

Rummy Mate

Rummy Modern

Rummy Ola

Rummy East

Holy Rummy

Rummy Deity

Rummy Tour

Rummy Wealth

yono rummy

dafabet

Jeetwin Result

Baji999 Login

Marvelbet affiliate

krikya App

betvisa login

91 club game

daman game download

link vào tk88

tk88 bet

thiên hạ bet

thiên hạ bet đăng nhập

six6s

babu88

elonbet

bhaggo

dbbet

nagad88

rummy glee

jeetbuzz app

iplwin app

rummy yono

rummy deity 51

rummy all app

betvisa app

lotus365 download