Gestão tributária reduz custo de empresas

Em um país onde a reforma tributária não passa de uma promessa, o principal tributo – o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação Serviços (ICMS) – possui 27 legislações diferentes e o peso dos impostos representa mais de 40% sobre o faturamento, a adoção de um planejamento tributário é cada vez mais necessária para a sobrevivência das empresas, conforme informou o sócio diretor da CLR Consultores, Audidores e Advogados, Aci Coutinho.

De acordo com ele, uma empresa que buscar a gestão dos tributos pode reduzir em até 20% os gastos com impostos. “Como a carga tributária no Brasil é bastante incidente, a empresa que diminuir o peso dos impostos conseguirá um diferencial ante os concorrentes, uma vez que os gastos com as linhas de produção são praticamente os mesmos”, afirmou.

Segundo Coutinho, muitas empresas tentam aumentar a competitividade por meio da otimização dos 60% da receita bruta que dizem respeito à folha de pagamento, gastos com matéria-prima, insumos, entre outras despesas. No entanto, o advogado afirmou que há possibilidade de aumentar a rentabilidade se os demais 40% do faturamento, que são destinados exclusivamente para o pagamento de impostos e contribuições, forem racionalizados.

Fonte: Diário do Comércio

Data da Notícia: 25/07/2007 00:00:00

Gostou do notícia? Compartilhe em suas redes sociais

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp