Novos benefícios atraem empresas para a ZFM

O faturamento da Zona Franca de Manaus (ZFM) e o número de projetos de implantação de novas empresas na região têm crescido sensivelmente nos últimos anos, como demonstram os números apresentados pela Suframa. Esse crescimento pode ter relação com o aumento, nas últimas décadas, de decisões judiciais reconhecendo a existência de benefícios tributários antes vedados pelo Poder Público. As empresas instaladas na região e que possuem projetos aprovados no âmbito da Suframa tem acesso a diversos benefícios tributários, como é o caso da isenção do IPI, alíquota zero de PIS e COFINS dentre outros. Porém, em alguns casos, a fruição desses benefícios é obstada pelo Poder Público que interpreta a legislação de forma bastante restritiva e de maneira prejudicial aos contribuintes. Esses, por sua vez, são forçados a buscar o Poder Judiciário para que lhes seja garantida a aplicação irrestrita dos incentivos oferecidos pelo modelo. Ao longo dos anos, diversas decisões do Poder Judiciário têm ampliado a lista de benefícios oferecidos pela ZFM. Existem decisões, por exemplo, que reconhecem a não incidência de PIS e COFINS sobre os bens finais comercializados para a própria ZFM e que afastam a exigência desses mesmos tributos na importação de produtos destinados ao consumo dentro da região. A legislação não é clara quanto a esses incentivos, motivo pelo qual eram vedados pela Receita Federal do Brasil. Além disso, mais recentemente, a Justiça Federal passou a reconhecer o direito ao crédito de PIS e COFINS sobre as mercadorias adquiridas com isenção dessas contribuições pela Zona Franca de Manaus. Decisões favoráveis dessa natureza geram economia tributária e garantem maior competitividade ao produto fabricado e comercializado na Zona Franca de Manaus, favorecendo a migração de novos negócios para a região. Informativo por GRM Advogados – grm.com.br

Fonte: GRM Advogados

Data da Notícia: 02/08/2022 00:00:00

Gostou do notícia? Compartilhe em suas redes sociais

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp