Por que tributar dividendos?

Edison Fernandes

Com a apresentação do Projeto de Lei n° 2.337/2021 finalmente discute-se com seriedade a tributação dos dividendos. Os argumentos são colocados à mesa e procedem-se aos debates. De maneira contrária à substituição do imposto sobre a renda da pessoa jurídica (IRPJ) pela tributação sobre os rendimentos dos sócios, têm ganhado relevo dois argumentos: o sócio já está sujeito ao imposto sobre a renda de maneira antecipada na pessoa jurídica e a redução do imposto sobre o lucro da pessoa jurídica não gera automaticamente (ou necessariamente) investimento.

Com a finalidade de contribuir com o debate, que deve estar aberto aos diversos argumentos sem qualquer pré-julgamento ou qualificações apriorísticas, quero contrapor ambas as alegações acima.

Em primeiro lugar, o entendimento sobre a pessoa jurídica como projeção, como “longa manus” dos sócios (em última instância, pessoas físicas) possui embasamento teórico (especialmente Milton Friedman: “O único propósito de uma empresa é gerar lucro para os acionistas”). Mas essa teoria hoje não cura todas as dores da economia da empresa. Em contraposição, a teoria institucional da pessoa jurídica conclui que a pessoa jurídica possui uma existência própria independentemente dos seus sócios, com patrimônio próprio e interesse próprio – nem sempre a melhor alternativa para a pessoa jurídica é distribuir todo seu lucro como dividendos, o que coloca em rota de colisão os interessas dela e dos seus sócios.

Em adição a essa visão institucional, o capitalismo de stakeholders (Edward Freeman) sustenta que não é apenas o sócio que interessa à pessoa jurídica, mas todas aquelas pessoas, físicas e jurídicas, que com ela mantêm relacionamento, potencial ou efetivo. Nesse sentido, o propósito da pessoa jurídica é gerar “lucro” para todos os contratantes: sócios, trabalhadores, clientes, fornecedores, financiadores (bancos, por exemplo), governo e sociedade. É nesse terreno que germina e floresce o que hoje conhecemos como fatores ESG (“environment, social and governance”).

Sendo assim, prever a incidência de imposto sobre o lucro da pessoa jurídica implica onerar todos os stakeholders e não apenas os sócios. A redução da última linha da demonstração do resultado (lucro líquido) causada pela tributação impacta não apenas a relação da pessoa jurídica com seus sócios (dividendos), como também com os trabalhadores (PLR), os fornecedores e os financiadores (cláusulas de proteção do crédito) e os clientes (investimento). Portanto, a carga tributária suportada pela pessoa jurídica é distribuída entre todos os contratos em que ela toma parte e é suportada por todos os seus contratantes.

De outro lado, certamente a redução da carga tributária do lucro da pessoa jurídica não é sinônimo de investimento. Essa consequência depende da tomada de decisão dos administradores e até dos sócios. No entanto, da mesma forma, é certo que a redução do imposto sobre o lucro da pessoa jurídica reduz o custo de capital para a realização desse investimento. Se não se trata de uma relação de causa e efeito – redução do imposto, aumento do investimento –, indubitavelmente, trata-se de um instrumento fundamental – redução do imposto, redução do custo de capital.

Em busca de recursos financeiros para investir, a pessoa jurídica tem duas alternativas: capital de terceiros e capital próprio.

Com relação ao capital de terceiros, há medidas previstas na legislação societária para garantia aos credores. Tome-se como exemplo marcante a previsão da reserva legal de lucros, de constituição obrigatória nas sociedades por ações, composta de 5% do lucro do exercício até o limite de 20% do capital social. Havendo imposto sobre o lucro da pessoa jurídica, a reserva legal será onerada por essa carga tributária, sendo necessário um volume maior de resultado positivo (lucro) para concluir o quinto do capital social.

De maneira espontânea (ou seja, sem exigência legal), a pessoa jurídica pode garantir seus credores ainda com a reserva estatutária (ou contratual, no caso das sociedades limitadas). Constituída por parcela do lucro gerado na operação, essa reserva se destina a cumprir as cláusulas de proteção do crédito (conhecidas como covenants) constantes nos contratos de fornecimento de longo prazo ou de empréstimos e financiamentos. Dessa forma, a pessoa jurídica assegura aos seus credores capacidade econômica, como nível de liquidez e nível de endividamento, que sejam determinados para a fixação do prazo ou da taxa de juros. O imposto sobre o lucro da pessoa jurídica onera também essa reserva e a consequente garantia aos credores.

Para não me alongar, termino com comentário sobre a hipótese em que a pessoa jurídica decide expandir sua operação utilizando capital próprio. Para tanto, há previsão legal de retenção dos lucros para investimentos, desde que devidamente aprovado o plano de negócios propostos pela administração da pessoa jurídica (reserva para expansão ou investimento). A tributação do lucro da pessoa jurídica aumenta a necessidade de resultado positivo no fim de cada exercício social para cumprir os investimentos.

Em conclusão: há embasamento teórico para entender a pessoa jurídica como uma continuidade dos sócios. A visão institucional da pessoa jurídica, porém, parece responder melhor aos desafios atuais, além de ser instrumento teórico mais útil ao fomento aos investimentos privados.

Edison Fernandes

Professor doutor da FEA-USP, do CEU-IICS Escola de Direito e da FGV Direito SP, titular da Academia Paulista de Letras Jurídicas

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais

iplwin

iplwin login

iplwin app

ipl win

1win login

indibet login

bc game download

10cric login

fun88 login

rummy joy app

rummy mate app

yono rummy app

rummy star app

rummy best app

iplwin login

iplwin login

dafabet app

https://rs7ludo.com/

dafabet

dafabet

crazy time A

crazy time A

betvisa casino

Rummy Satta

Rummy Joy

Rummy Mate

Rummy Modern

Rummy Ola

Rummy East

Holy Rummy

Rummy Deity

Rummy Tour

Rummy Wealth

yono rummy

dafabet

Jeetwin Result

Baji999 Login

Marvelbet affiliate

krikya App

betvisa login

91 club game

daman game download

link vào tk88

tk88 bet

thiên hạ bet

thiên hạ bet đăng nhập

six6s

babu88

elonbet

bhaggo

dbbet

nagad88